#NB Apresenta: LOS NACHOS – O Teaser

No Barquinho novembro 24, 2015 23

Fala, discípulo! PedroThiago e Matheus, diretamente do Mar da Galileia, se reunem mais uma vez No Barquinho… PERA.

Erik de Oliveira, Gabriel Tuller e Alexfábio Custódio reunem-se com a galera do No Barquinho para apresentar o mais novo podcast da casa: LOS NACHOS!

E quem são Los Nachos?

Gustavo “Legobot” Lugoboni, vindo do longínquo ano de 3434, quando nasceu por conta da sua fata de expressão; seus país pensaram que seu gênero era robô, mas quando veio para o passado descobriu que, na verdade, era um boneco de LEGO.

Erik “Viking” Oliveira, nascido como um humano comum, certo dia resolveu virar um herói e passou duas vezes na fila dos superpoderes, mas só conseguiu o pior de todos: ser um babaca grosseiro. Não sabe se relacionar com os demais heróis.

Rodrigo “Rod” Almeida, criado pelas panteras negras do zoológico de Manaus, seu poder de luta é de -20000 e seu sonho é parar de mamar na sua mãe felina e mamar na teta do governo”

Gabriel “Star” Tuller, cavaleiro gentil level zero. Abençoado por Deus com a paciência que tende a zero pela direita, seus cabelos crescem 1mm a cada comentário marxista que lê na internet.

Guilherme “Mad” Castillo, mago elemento água, nascido em um clã de vendedores de farinha; seu sonho é viajar pelo mundo de caminhão defendendo a técnica farinheira secreta de sua família.

Daniel “Sas”: S [ponto] A [ponto S], codinome “SAS”, soldado altamente sem noção, treinado por antigos índios da zona leste de São Paulo para não fazer sentido algum em qualquer comentário; certo dia, dormiu perto de um Gol 98 que lhe deu a maldição de ser trocador de pneus de aro 13 para sempre.

Rogério “Random Man” Macedo, figurante de anime que criou vida e ganhou a estranha habilidade de gerar dúvidas confusas. Quando menos se esperar ele pode aparecer e confundir você.

João “Caixista” Rafael, stalker silencioso criado em cativeiro pela Microsoft como um experimento social. Ninguém sabe de onde vem, onde habita, para onde vai, e seu único vídeo-game na vida foi um Xbox.

Alexfábio “Galego” Custódio, abandonado quando criança em um eterno banho de lua, foi salvo por elfos afrescalhados que o ensinaram a relevar qualquer piada de albino. Inclusive essa. Como um camaleão, ele se camufla na parte branca das bandeiras de seu time do coração, o galo mineiro.

Edição: Erik de Oliveira,

Arte da vitrine: Erik de Oliveira,
Podcast em ZIP: clique aqui.
Duração: 00h16min50s