#NB97 – Reforma: Pra quê?

No Barquinho outubro 30, 2015 36

Fala discípulo! Pedro Angella, Thiago Ibrahim e Matheus Soares, diretamente do Mar da Galileia, reúnem-se No Barquinho com Alexandre Milhoranza (BTCast) e Leopoldo Teixeira (OsCabraCast) para mais um podcast SENSACIONAL!

Nesse episódio começamos discutindo um pouquinho sobre o histórico da Reforma Protestante e seus principais expoentes, mas principalmente tentamos trazer esses princípios para o nosso dia-a-dia como cristãos e tentamos responder como essa Reforma tem influenciado (se é que tem) a nossa prática como Igreja.

Embarque conosco em mais um No Barquinho recheado de conteúdo teológico sobre a Reforma, porém sempre procurando ser inteligente, relevante e, é claro, engraçado!

Edição: Pedro Angella
Arte da vitrine: Daniel Sas (Portfolio)
ZIP: para baixar o podcast zipado, clique aqui.

Duração: 01h23min42s
– Episódio: 00h00min38s
– Extras: 01h18min00s

CONFRARIA NO BARQUINHO (http://bit.ly/InfoConfraria2015)

Data: 21 de novembro de 2015, sábado (emenda com 20/11, feriado de consciência negra)
Local: Centro de Bem Estar Social (CEBES) da Igreja Unidos em Cristo
Endereço: Rua Paulo Augusto Alves Ferreira, S/N, JD Parati – JAÚ – SP
Horário: das 10h às 18h
Valor: R$ 30 (6-12 anos pagam R$15)

COMPRE AQUI SEU INGRESSO!

Teremos camisetas da Virá e do No Barquinho! o/
Pré-venda das camisetas do NB (entrega somente na Confraria 2015): AQUI

QUER ADICIONAR O FEED NO SEU AGREGADOR RSS?
Adicione nosso feed: feed.nobarquinho.com

ASSINE O NO BARQUINHO NO ITUNES
http://itunes.apple.com/br/podcast/no-barquinho/

SUGESTÕES, CRÍTICAS, DÚVIDAS E MENSAGENS NA GARRAFA
Envie sua epístola para: podcast@nobarquinho.com

Você vai gostar também desses aqui:

  • Henrique Pretti

    primeiro no ultimo dia do mes

    • Gabriel Tuller

      parabéns! =D

  • Gabriel Tuller

    Droga! quase ganhei

  • Silvana Oliveira E Silva

    Affff
    Sempre chego em segundo :/

    • Na verdade… 3ª

      • Silvana Oliveira E Silva

        Pois é…. descendo a ladeira igual ao flamengo no campeonato.

  • Lourival Gonçalves

    Uma pintura as vezes cai bem.kkkkkkkk

  • William Silva

    Fala galera, comentando pela primeira vez no site,muito bom cast. Nada melhor que repassarmos pelo tema outra vez, é sempre bom estarmos recapitulando o assunto ainda mais com esta aula do Milho ( sensacional),valeu galera continuem com ótimo trabalho.

  • Glória Hefzibá
  • Glória Hefzibá

  • Glória Hefzibá
    • Já tinha visto o vídeo cortado do pregador… só que solto…sem explicação… kkkk

    • Thiago_Ibrahim

      Hahahahahaha! Inspiração pra gente. 😉

      “A Bíblia diz – eu não sei onde tá escrito…”

      SENSACIONAL!

  • Glória Hefzibá

    Thiago, sabe aquela história de que a emenda foi pior que o soneto? Então.

    Hahaha

  • Opa… Confesso que eu não tava esperando por um no barquinho hoje… A bruxa tá solta! Kkkk

  • Silvana Oliveira E Silva

    Foi tão bom este episódio que fiquei empolgada e o compartilhei no facebook num post convocando a cristandade a retomar os ideais da Reforma e buscar novamente o constante exame das Escrituras.
    É, eu me empolguei. Quase saí dos trilhos hahahahaahahahah. Graças a vocês. Obrigada No Barquinho!

  • Por que não vai mais ter o DELAS???

    • Como assim, jovem. Vai ter sim.

    • Line Rocha

      Não diga isso!!

  • Seguramente, um dos melhores episódios que já ouvi sobre a reforma e do NB! De fato, vivemos um tempo bem diferente como ressaltou o Thiago, quer porque deixamos de lado a razão — que norteou a Reforma! —, quer porque abominamos a razão! O pensamento, em nosso meio, ficou restrito a fórmulas preconcebidas e limitadoras, quem ousa ultrapassar tais limites e refletir seu tempo, seus problemas e voltar-se à proposição dos problemas da própria igreja e/ou de seus sistemas teológicos é rapidamente rotulado de herege, liberal, progressita, marxista ou qualquer outro adjetivo da moda!

    Incorporamos o discursos de resistência à reforma, tomando como pecaminoso, demoníaco e satânico tudo que destoe da proposição de dogmas e dogmatizadores! Talvez, o Milho possa esclarecer se isso tem alguma relação com nossa evangelização por parte de norte-americanos e nossa submissão teológica a autores norte-americanos, que teceram uma proposição ética principiológica, baseada e assentada em dogmas e princípios, os quais uma vez alcançados nos tornam virtuosos e melhores,

    A crença na depravação do homem parece ter nos conduzido na descrença no próprio homem! Deixamos de acreditar nas possibilidades e reflexos da imago dei, como se tivéssemos sido absolutamente tomados pelo pecado e nos tornado incapazes de assumir algo de bom! Nesse sentido, o que é diverso, alheio, alienígena é mau, incorrigível e desprezado! Assim, sentimo-nos livres para demonizar, apedrejar e travestir a nossa indiferença ao próximo como santidade — leia-se superioridade.

    Tornamo-nos muito parecidos com os algozes da Reforma, com o ouvido que se alegra com tilintar das moedas, com mão que segura a tocha que acende fogueiras, com a imagem do clero que engorda com a miséria moral, econômica e espiritual dos comuns! Predemos a disponibilidade à morte dos reformadores e tomamos para nós a disponibilidade de clamar a morte daqueles a quem divergimos!

    Se como muitos creem são reformados os que creem nas doutrinas da graça, temos então muitos poucos destes, haja vista que a fé é uma manifestação de ação por uma real mudança de mentalidade! Tenho visto muito academicismo de araque — os famosos calvinistas que não leram Calvino e que se tornam papagaios de autores reformados que nunca leram, mas que assistiram em vídeo no YouTube legendados pelo VE e/ou Fiel — e pouco ou nenhuma ação efetiva de mudança! Somos bem mais inquisidores que homens dispostos a morrer pelo Evangelho! Digo “somos”, porque certamente estou entre estes!

    A todos, muito obrigado pela reflexão!

    P. S.: Leopoldo sempre me ensinando novas lições! #asextalinguagemdoamor

  • Fiquei muito feliz de ouvir o @abnermelanias:disqus como trilha nesse NB!!! Aquele momento que você ouve a canção, sabe que conhece, a voz é familiar, mas fica pensando de onde!!!

  • Graça e paz, irmãos!

    Primeiro podcast que ouço de vocês e já amei. Deixo aqui meus parabéns pelo excelente conteúdo apresentado. Muito propício abordar sobre a Reforma, que foi isso mesmo que o Milho falou: uma releitura, mas sempre centrada na Escritura.

    Pauto meu agradecimento aqui e continuem assim. Fiquem na paz de nosso Senhor!

    • Thiago_Ibrahim

      Valeu, Andrey!

      Seja bem-vindo à embarcação. Ouça os outros episódios e comente sempre que quiser! 🙂

      Abraço!

  • Loana

    O episódio foi tão bom que repeti logo que acabou! Interessante notar que sempre que a gente vê algum texto/matéria/post anti-cristão as pessoas apontam a igreja como algo retrógrado e avesso a pesquisas científicas. Desconsideram que esse período foi crucial pra tantos avanços do mesmo modo que esquecem que grupos ateus tiveram seus momentos esdrúxulos tb (vide Robespierre e seus “cultos à Razão” na Rev. Francesa, se não estou enganada).

    • Loana

      Milho merece um agradecimento especial por ter acrescentado tanto ao assunto. =D

  • Line Rocha

    Atrasada, mas estou aqui pra bater o cartão!!!

  • Galera, um dos melhores episódios do No Barquinho! Terei que ouvir mais vezes.

  • Fala pessoal! Muito bom o episódio. Com o tempo, acredito que a “ideia” da reforma foi se perdendo. Talvez eu possa comparar com as manifestações no Brasil: o gigante acordou, mas logo depois dormiu e tudo voltou ao normal. Algumas igrejas protestantes talvez precisem repensar sobre sua visão “reformada”.
    (vou direto e resumi porque estou com pressa. Mas não poderia deixar de comentar.)

    Abraço
    EddieTheDrummer (PADD)

  • Muito bom, tripulantes!!! 🙂

  • Jorge Neto

    Muito obrigado! Muito esclarecedor!

  • Jorge Neto

    Uma coisa que achei super interessante foi a respeito sobre o que o Tiago disse, com relação a fazer a diferença no lugar onde você congrega. Vejo pessoas que criticam a sua igreja, mas sem fazer nada para mudar as questões que talvez necessitem de reformas, infelizmente é um caso comum que todos sabemos e conhecemos.

  • Nathan Rodrigues

    Comento só pra receber um beijo do Matheus

  • Samuel Vieira

    Até os extras desse podcast foi SENSACIONAL!

  • Carlos Alkschbirs

    Ótimo episódio! Me fez pensar muito no legado da reforma e toda transformação que ela trouxe a socidade. Foi inspirador! Parabéns!!!!

  • Pingback: Correio Elegante #35 - OsCabraCast()

  • Willian Rochadel

    Galera, Que discussão sensacional.
    Em especial quando o Thiago começou a discussão sobre pequenas igrejas que não aceitam discutir a bíblia, questões teológicas e a razão completamente sobre um ícone.
    Sensacional essa reflexão!