Delas #10 – Vou casar: e agora?

No Barquinho outubro 16, 2015 43

Bem-vindo ao Delas!

Este é o podcast Delas, e dessa vez Jaqueline Lima, Sara MartinsRenata Melanias e Laís D’Andréa unem-se a linda Késia Luna, do Juntos em 1, e ao nosso querido André Lopes lá da confraria pra falar sobre casório!

Dessa vez, reunimos esse time maravilhoso pra conversarmos sobre o que acontece depois do “vamos casar?”.

Faço festa? E o dinheiro? No que preciso pensar primeiro? Como pedir dinheiro como presente de casamento? Essas e muitas outras perguntas serão respondidas ao longo de dois programas! Isso mesmo! A gente falou demais e o Thiago resolveu dividir em duas partes! haha

Lembre-se: os comentários são o seu espaço para deixar dúvidas, críticas e sugestões! Continue sendo um(a) lindo(a) e educado(a) ouvinte e use esse espaço com respeito e responsabilidade! ♥

Podcasts Relacionados:
– Ouça o último No Barquinho: #NB95 – A (não tão) divina revelação do (nosso) céu
– Ouça o último À Deriva: #AD23 – Senhor de cada nota
– Ouça o último Juntos em 1: Os problemas do cinema cristão

Conteúdos comentados no episódio:

– Projeto Redomas, indicado pela nossa ouvinte Bianca Rati
– O wedding speech do Tom Fletcher da banca McFly.

Vamos para a Confraria 2015?
– Clique aqui e sabia tudo tudinho que você precisa pra estar com a gente no dia 21/11!

Tem novidade! 
Agora a “discípula desocupada” será a inspiração da vitrine do próximo Delas!
A inspiração desse mês é a discípula Aline Rocha!

 

Duração: 01h04min54s 
ZIP: para baixar o podcast zipado, clique aqui!

Edição: Thiago Ibrahim
Arte da vitrine: Daniel Sas (portfolio)

SUGESTÕES, CRÍTICAS, DÚVIDAS E MENSAGENS
Envie sua epístola para: delas@nobarquinho.com
Acesse nosso Twitter @PodcastDelas, ou ainda nosso Facebook fb.com/PodcastDelas

QUER ADICIONAR O FEED NO SEU AGREGADOR RSS?
Adicione nosso feed: delas.nobarquinho.com

ASSINE O “DELAS” NO ITUNES:
Acesse em: https://itunes.apple.com/br/podcast/delas-podcast/

  • Line Rocha

    Ohhhhhh meu Deus!!

    • Rebeca da Gama

      De novo, Aline? Não vale. hehehe

      • Line Rocha

        Pela regra a segunda a comentar ganha kkkkk

  • Silvana Oliveira E Silva

    Bom pra ouvir no horário da faxina 8)

  • Lourival Gonçalves

    É uma despedida de de Solteira @disqus_iWXJPb7Bzj:disqus?kk

    • Jaqueline Lima

      Ainda não! Minha despedida é no irmãos.com! Paulinho prometeu u.u hahaha

      • Lourival Gonçalves

        ah é,Tradição.O do @pedroangella:disqus foi lá.É @Thiago_Ibrahim:disqus……kkkkk

      • Lourival Gonçalves

        Seu namorado lava louça?kkk

        • Jaqueline Lima

          Lava, cozinha, ajuda na limpeza. É um lindo meu Gustavo! haha

          • Lourival Gonçalves

            Quero ver quem vai lavar a Penela de Pressão,kkk,.No meu caso sempre sobra mim ariar..kkkkkkk

            • Henrique Pretti

              Nada de ariar panela… comprar tudo de teflon que não pode nem olhar pro bombril!

  • HAHAHAHAHA ADOREI O TEMAAAA <3 Vou ouvir!

  • Todo assunto relacioado a dinheiro, o casal Luna está no meio. hahahaha Vamos ouvir mais um excelente delas.

    • Késia Lóta Luna

      Ahahaha, Rodrigo! Desde o namoro eu e o Luna já conversávamos sobre como administrar o dindin.

  • André Lopes

    Vamos casar, minha gente (cada um com seu par, claro)!

    • Leonardo Moreira

      Como já casei, aceito convites (remunerados né) para tocar em casamentos kkkkk

  • Amanda S. Vilhagra

    Olá meninas, gostei muito do episódio de hoje!
    Sara, seu casório será baratíssimo, o Thiago pode ficar tranquilo rs.

    Jaque, não sabia que você estava noiva, meus parabéns, que fofa!
    Espero tudo corra bem e fique lindo!

    Meu sonho é usar um vestido de noiva bem delicado e sem saiote (odeio saiote, parece tão desconfortável) quero um vestido reto! Penso em casar ao ar livre (se meu $$$ der) e investir meeesmo na lua de mel! Ultimamente tenho conversado com o Douglas (meu boymagia rs) sobre isso e estamos pensando numa cerimônia simples, para os mais próximos (no máximo 100 pessoas) e num coquetel de recepção para os convidados, pq aqui em Londrina o buffet ta suuuper caro! Vamos priorizar a lua de mel (quero uma viagem inesquecíveel <3). é ISSO. Amei o tema do delas desta semana, mal posso esperar até o próximo. Ahhh, também gosto muito do D.I.Y, com certeza o casal interage mais e todos podem dar uma mãozinha.

    Beijokas pra vocês!

  • Glória Hefzibá

    Quem mais imaginou o Thiago Ibrahim de All Star e calças jeans escuras?

    Hahaha

  • Welber Martins

    Sei que uma grande festa de casamento deve ser sim, uma das exigência de mulheres mercenárias, e já vi algumas cairem do cavalo por causa disso…

  • Henrique Pretti

    E aí pessoal

    Poxa, ficar ouvindo esse ultimo pod me fez voltar muito no meu casamento e na minha história e desculpem o gigante texto, mas vou colocar aqui.

    Quando decidimos casar, começamos com essa história de festa e a montar a lista de convidados… e nao teve jeito, ficamos com uma lista de 300 convidados e começamos a cortar, mas nunca conseguiamos chegar em uma lista resumida, justamente por conta de pensar na igreja e familias que ali estavam. Um de nossos padrinhos, tem a mae com 12 filhos e todos casados (fora os filhos)… então por ai dá para imagnar até onde a lista ia.

    Mas, no fim das contas, fazer ou não fazer festa era o que bagunçava tudo nos planos e os acontecimentos fizeram decidirmos pelo nao e mudarmos pelo sim.

    A mãe da minha esposa estava doente e piorando até ficar internada em um ponto que não viamos possibilidade de volta… e nisso acabamos decidindo por não fazer mais nada e nosso casamento já estava marcado e com convites enviados, então decidimos que: casariamos, saíriamos da cerimônia para o hospital, para que a mãe dela pudesse vê-la e alí iriamos para nossa casa, sem lua de mel, pois no dia seguinte ela queria estar novamente no hospital.

    Infelizmente, faltavam quase duas semanas antes do casamento, a mãe dela faleceu, o que tirou o chão de todos e acabamos ficando sem saber que rumo tomaríamos… mas, já estava tudo decidido pelo não.

    Daí, vem a segunda parte, passei no trabalho do meu pai um sábado antes do casamento, para pegar algumas coisas para casa (ele é marceneiro) e ele veio me perguntando o que fariamos, se teria festa, etc… e eu disse que não tinhamos programado nada pelos acontecimentos e que agora estava muito em cima da hora para fazer algo e que não tinhamos dinheiro para isso.

    Foi a primeira e unica vez que vi meu pai com lágrimas nos olhos, quando disse que ele nunca pode me dar nada, que meu carro fui eu quem comprei, que minha faculdade eu paguei, que minha casa eu montei, e que ele queria me dar isso como um presente… me disse que se minha esposa aceitasse, era para ir na casa dele, e que dentro de um lugar especifico da casa tinha um valor em dinheiro guardado e que era para pegar aquilo e fazer alguma coisa para receber os convidados.

    Minha esposa topou, pegamos aquele dinheiro e compramos tudo para fazer uma festa no estilo anos 80… carne louca, salgadinhos, batatinhas e o bolo… as irmãs da igreja passaram a semana junto com minha mãe preparando tudo para aquele dia.

    No fim das contas, não avisamos e nem convidamos ninguém para a festa… e no fim da cerimonia foi avisado para todos que estavam na igreja, que no salão da igreja teria uma festa para todos os convidados e isso foi marcante em nossas vidas… afinal, tinhamos lá todos que nos amavam de verdade e não pessoas que queriam uma festa ou algo do tipo.

    Choro toda vez que lembro (como agora) de tudo isso que aconteceu e sou grato a Deus pelo meu casamento e por meu pai que apesar de nao ter condições, foi uma pessoa que deixou a marca dele em nossa vida nessa data tão especial.

    E no fim, acho que o importante é realmente é ter nessa data, todos aqueles que te amam partitipando… com ou sem festa, mas ter a todos vivendo esse momento.

    Beijo a todos!

    PS: um grande amigo meu, acho que o melhor deles, casou de All Star e teve a marcha nupcial tocada com 4 guitarras divididas e bateria… só para mostrar que isso é possivel!

  • Que delicia de episódio, adorei o tema, também estou cheia de amigos e conhecidos ficando noivos, vou indicar a eles esse episódio… pena que terei que esperar um mês para ouvir sobre padrinho: I’m best woman

  • Gabriel Silva

    Falaram tanto de playboy que por um certo tempo esqueci qual era o tema kkk, ótimo podcast

  • Luciano Valério

    Mais um programa excelente e com direito a parte 2…rs!
    To longe de passar por isso, mas já valeu ouvir as dicas que foram lançadas, principalmente no quesito lista de convidados.

    Parabéns por mais esse Delas!

    E parabéns pro editor também, que já deve ter começado a olhar qual cor de All Star vai combinar mais com o grande dia…rs!

    Abcs!

  • Amanda C Andrade Rodrigues

    Jaque uma técnica que adotei nas horas de rever a lista de casamento: nunca (jamais! em hipótese alguma!) reveja a lista após um evento da igreja, pior ainda se for um culto de ceia! Não reveja a lista!!! Você vai querer passar para a lista “A” pessoas da lista “B”, afinal “aquela pessoa é tão legal”.

    Infelizmente algumas pessoas legais nunca entrarão na lista “A”, não se culpe por isso. 😉

  • Manoella Ferreira

    Minha sexta foi tão corrida que baixei agora, depois volto pra comentar!

  • Meninas, obrigada pela menção do Projeto Redomas. Só para complementar para quem ficou curioso o projeto tem, além das denúncias das opressões vividas pelas mulheres dentro dos espaços de fé, textos produzidos por mulheres, com o caráter de formação e de conscientização. Convido a todxs para conhecerem nosso projeto!

    É muito bom poder contar com o apoio de vocês!

    Beijos!

  • Vontade de comentar tudo o que vcs falaram! Hehehehe!
    Algumas verdades:
    – Noivos não comem
    – Gravata é AMOR, MUITO AMOR
    – Gerador é imprescindível. Já fiquei sabendo de casamento de salão que cabou a energia e a noiva ficou desconsolada, pq ficou sem comida, sem som, sem ar condicionado…
    – Não precisa convidar todo mundo pra festa. Se a pessoa ficar chats de num ir na festa, acho que ela não tava tão feliz assim só com a sua união…
    – Preços realmente são cotados em lotes de 1k. Quando casei (e o dólar não tava essa loucura), media os preços em iPads, hehehe
    Ótimo programa! 😉

    • Gravata foi uma mão na roda no meu caso. E concordo que uma vez que esteja no meio da festa, a gente não come. Por isso, combinei com o cerimonial de assim que terminar a cerimônia já fazer um lanchinho… hehehe 😀

  • Ah! E quem quiser mais histórias sobre casórios, temos podcasts sobre!

    #NB22 – Quer casar? Pergunte-me como! http://bit.ly/NoBarquinho22

    #NB91 – Disciplina Financeira http://bit.ly/NoBarquinho91

  • To no time da Jaque, passando por essa fase. Muito obrigado pelas dicas, já indiquei pra minha noiva ouvir.
    Com a organização do casamento, tenho aprendido a deixar minha vontade de lado para agradar a noiva. Muito hehehe Sabem como é né…

    Abraço
    EddieTheDrummer (PADD)

    • Paloma Pena

      mas @eddiethedrummer:disqus essa noiva se diz “não exigente” hahaha

  • Thais Leonello

    mto bom meninas, melhor ainda é a ideia de fazer festa só depois dos 10 anos de casados..
    aproveitando a deixa pra contar um ocorrido comigo, recentemente estive no casamento de uma amiga minha e a cerimonia ocorreu tudo mto bem com o avô da noiva celebrando, até q…, no final o pai dela que era o pastor titular da igreja, pegou o microfone e fez um ato profetico com os casais q estavam ali..era necessario? acabou com o casamento da filha

  • Manoella Ferreira

    Que podcast bom. A conversa ficou solta e muito leve. Como escutei no ônibus indo para o trabalho, então tinha horas que queria rir…kkkkk
    Bom, como alguns escreveram aqui que fez voltar no tempo, como aconteceu do mesmo jeito.
    Me lembrei muito do meu humilde casamento.
    Pra quem vai casar um conselho: Que tudo seja pessoal e fazer tudo com os dois pés no chão. A gente às vezes abre mão por causa da família, mas quem geralmente arca com o custo é você.
    Jaque realmente nesses momentos de organização a gente amolece o coração, já passei por isso, mas a gente só tem que ver a realidade das coisas.
    Outra coisa, não sei outras pessoas, mas no dia do meu casamento eu não me lembro de quase nada, de tão cansada que estava. No mesmo dia me casei no civil e no religioso, então tive que tomar conta de tudo sozinha, estava muito estressada e meu telefone não parava de tocar, foi um dia com 36 horas na minha vida. Não chorei na cerimônia, só vim chorar mesmo no outro dia quando sai de casa pra viajar e minha mãe já estava em lágrimas porque quando eu voltasse da viagem já iria para a minha casa.
    Bom, eu passei 2 anos namorando e 2 de noiva, e meu marido trabalhou 2 anos direto (a gente só se via de 8 em 8 dias) por que ele viajava pra juntar dinheiro para mobiliar a casa e pagar a festa e a viagem. Fomo para a lua de mel arrasados de cansados, mas nenhuma dívida para pagar depois. Também tive problemas com a lista de convidados, mas a gente consegue até o dia dos convites resolver, mas depois de quebrar muito a cabeça com quem vai e não vai.
    Bom, amei o podcast e esperando já pelo próximo!
    Bjos

  • Natana

    Olá!

    Embora nunca tenha comentado, sempre ouço os podcasts e gosto muito. Parabéns meninas, vocês são inteligentes e com certeza estão agregando muito na vida dos ouvintes.

    Eu ainda não vou casar, mas acompanhei de perto os preparativos do casamento da minha irmã, e como foi comentado algumas vezes sobre a industria do casamento, eles investem pesado no sonho das mulheres, e isso não tem preço. kkkk Haaa tem sim!

  • Por favor, nos presenteiem com posts quinzenais, pelo menos, é tão bom ouvir vocês que da um aperto no coração quando lembro que tenho que esperar um mês par ouvir um novo podcast Delas…

  • Wanda Oliveira Lnr

    Como sempre amei o podcast, sei que todas tem o que fazer mas adoraria ver mais podcasts por mês aqui.

    Estou casada há 8 anos e não me arrependo, não fiz festa e por consequências do destino foi no dia 31/12 já aproveitei o peru kkkkkk. Jaque, felicidades mil e que Deus abençoe ricamente seu relacionamento pq não é fácil mas vale muito a pena viu.
    Deixa eu dizer: Adoro a voz da Sara (tipo sotaque sabe) e a Jaque mandou bj pra mim e quase gritei no trabalhooo!

    Bjs, bjs…

  • Bem legal o programa pessoal, fiquei com bastante vontade de opinar aqui e ali… hehehe

    No meu caso, o RSVP funcionou bem, mas já foi associado direto com o save the date, que disparei por email, aí já tinha um link que o cara clicava e confirmava ou não. Além disso, na medida que o pessoal confirmava ou não a disponibilidade eu ia atualizando no sistema e aí consegui aproximar de maneira razoavelmente precisa a quantidade de convidados… Sim, fiz um mini-sistema pra listar convidados, imprimir tags de convite, entre outras tarefas, etc. Foi útil também pq meu casamento foi em um hotel e algumas pessoas dormiram lá. 😉

    No caso da dica do DIY, vale muito a pena e tem o efeito colateral do sentimento de participação, como mencionado no podcast. Uma outra dica é tentar fechar contratos o mais cedo possível, pois você evita os reajustes anuais de preço de fornecedores.

    Sobre o vídeo, concordo com André que geralmente é meio boring, no caso da gente, falei com uns amigos que já trabalhavam com produtora de vídeo para publicidade, clipes, etc, mas nunca haviam feito nenhum serviço de casamento. Como eu confiava no bom gosto deles, deixei eles à vontade pra fazer como preferissem e aí fizeram meio que um mini-documentário, entrevistaram a gente no dia, etc., ficou bem legal o resultado. Curioso é que depois eles passaram a trabalhar também com casamento! hehehe

    abraço,

    Leo

  • pablodpaiva

    parabns meninas estao cada vez melhores um abraço

  • Lindas, adoreeeei esse delas!!! Desculpem por não comentar muito… Vida de noiva não é fácil… Hauahauahaua Foi bom colocar em perspectiva de novo e lembrar que o que importa é o que vai começar depois da festa (o marriage), e não apenas a festa, a quantidade de comida e se todos os detalhes vão dar certo… Hehe. Foi um dos programas que queria estar junto, conversando com vcs… Beijão s2

  • Pingback: Podcast 2 em 1 #68 - Porque Amamos o Futebol - No Barquinho()

  • Rodrigo Rodrigues Malheiros

    Oi, sou Rodrigo, João Pessoa, PB. Sou professor de Literatura e adoro o podcast de vocês.Tô passando só para parabenizar. Contemplar esse tema é importante, pois estou convivendo com divórcios dentro da igreja. Não sei bem o que a moçada está pensando o que é casamento. Estou casado há 4 anos e meio e compreendo que a oração e a leitura da Bíblia é um bom recurso a se fazer juntos. O bom de ser cristão é que temos Cristo ao nosso lado e esse ponto é compartilhado por nós dois. Amo minha esposa, nosso casamento foi num teatro da nossa cidade e a recepção num casarão antigo. Foi lindo e barato. Gastamos 12 mil reais com a lua de mel. Abraço.

  • Pingback: #59 Vida de recém-casado – Podflix - OsCabraCast - Podcast()