#NB81 – Protocolos Sociais

No Barquinho março 13, 2015 67

Fala discípulo! Pedro Angella, Thiago Ibrahim e Matheus Soares, diretamente do Mar da Galileia, reúnem-se No Barquinho com Jaqueline Lima (Podcast Delas) e Thiago André Monteiro (À Deriva) para decifrar os protocolos sociais que nos atormentam todo santo dia!

Neste episódio, saiba como agir no trabalho, reflita sobre noivado e casamento, e ainda aprenda a etiqueta de comportamento na igreja!

Duração: 01h30min00s
– Episódio: 00h00min38s
– Epístolas: 01h03min35s
– Extras: 01h25min22s
ZIP: para baixar o podcast zipado, clique aqui!

Edição: Pedro Angella
Arte da vitrine: Daniel Sas (portfolio)

Playlist das músicas deste episódio: http://bit.ly/NB81Playlist

Links relacionados ao podcast:
– #NB74 – CineGalileia: O Primeiro Mentiroso

Links das epístolas:
– #ArrozDeFesta1: Cacau no BTCast #94 – Uma Voz Feminina na Reforma
– #ArrozDeFesta2: Cacau no BTCast #95 – O Grande Bolo

QUER ADICIONAR O FEED NO SEU AGREGADOR RSS?
Adicione nosso feed: feed.nobarquinho.com

ASSINE O NO BARQUINHO NO ITUNES
http://itunes.apple.com/br/podcast/no-barquinho/

SUGESTÕES, CRÍTICAS, DÚVIDAS E MENSAGENS NA GARRAFA
Envie sua epístola para: podcast@nobarquinho.com

  • O protocolo que mais vejo diariamente é o TCP, e ele é bem social. #PiadaNerd #EntendedoresEntenderao o “social”

    Abraço
    EddieTheDrummer (PADD)

  • Welber Martins

    Só pelo livro kkkk

  • Thiago André Monteiro

    Precisamos entender bem essa questão do “temor de Deus” e aprender a lidar de maneira correta com o “temor do homem”.

  • André Phillipe Oliveira

    Ótimo cast, vocês já estão cansados de elogios, né?! Mas nunca é demais, rs! Caras, fiquei muito feliz por terem lido meu testemunho, em especial a Jaque, essa menina doce e super gente boa! Que Deus abençoe vocês grandemente, sou fã de carteirinha! Um abraço!

    • Jaqueline Lima

      André <3

      Obrigada pelo carinho e pelo feedback 😀
      Tamu junto!

  • Lourival Gonçalves

    Me arrepiei nas Epístolas.

  • Lourival Gonçalves

    @mmsoares:disqus se você tiver um cachorro vou te mandar essa placa

  • O protocolo de cumprimentar com a paz do Sr na Bíblia é o inverso do que fazemos na igreja. Jesus mandou saudar com a paz qualquer pessoa, inclusive os que ainda não o conhecessem. Ele até se preocupou em deixar claro que não seria um desperdício se a pessoa não recebesse.

  • ótimo podcast. Parabéns (mero protocolo social)

    Então…
    Teve uma questão abordada de leve que quero dar meu testemunho.
    Há alguns anos tenho deixado de registrar shows em que vou. Dois exemplos:
    Não sei se sabem, mas sou fã (e olha que não uso essa palavra com frequência) da Gal Costa e tive a oportunidade de ir à um show dela. Sim, sou fã, mas por inúmeras questões nunca pude vê-la ao vivo.
    Assim que entrei no teatro, a primeira coisa que fiz foi ter desligado o celular.
    E não poderia ter feito coisa melhor. Ela cantou durante 1h30 e eu tinha certeza que ela estava fazendo só pra mim, saca?
    Fiquei emocionado, ri junto e tal… e em nenhum momento quis clicar.
    Ao sair do show, emocionado, a forma de compartilhar aquilo foi ligar pra minha esposa e durante 15 ou mais minutos descrever o que senti, experimentei, etc.
    A diferença entre o clique e a narrativa pós-show é o universo a ser explorado. O clique é frio e registra apenas uma fração de segundo, já a narrativa que vem junto e a memória desenvolvida jamais pode ser apagada.

    O outro exemplo foi de um show do Ed Motta que quase comprei briga qdo um sujeito com seu tablet 60′ colocou a mão na frente da minha cara para fazer a foto dele ou do casal que virou de costas para o palco pra fazer a selfie.
    Ah… em tempo, cliquei uma imagem antes do show, na frente do palco e mandei pra dois amigos, tb fãs do Ed, apenas pra irritar, brincar e tal… =D

    Pensei em outra coisa que me aflige sempre: a questão da crítica.
    Pq somos tão travados, de forma geral, em dar o feedback pro amiguinho de forma direta? Pq, em nome de um protocolo social, incentivos várias coisas ruins que nossos amiguinhos fazem só pra não “magoar” ou deixar de ~incentivar~.

    Vem cá Jaq, senta aqui, como assim vc não acredita em elogio, sua linda????

    OBS. Acho que sou girlly demais, HAHAHAHAHAHAHAH

    • Názaro de Brito

      Vá ao inferno, Abner.

    • Thiago_Ibrahim

      Em tempo, vai se ferrar, Abner.

    • Jaqueline Lima

      HAHAHA
      Ab, seu lindo <3

      Essa parada da crítica me intriga também.
      Me intriga porque, mesmo pensando assim, eu tendo a me sentir mal se alguém é direto comigo sobre um feedback negativo. Estamos condicionados.
      Mas, vai melhorar! 🙂 rs

      • @disqus_iWXJPb7Bzj:disqus por estar há um tempinho por aí mexendo com esse treco de podcast, vira e mexe, recebo um piloto ou #01 pra criticar.
        Sinceramente, antes eu tinha dedos e ficava com receio de falar TUDO…. hj, não tenho mais isso. Critico lindamente, mesmo que o cara me odeie… e odeiam =(

  • Laís D’Andréa Kari

    Vou confessar que quase nunca ouço até as e-pístolas, mas desta vez, por algum motivo, fui até o fim. Fiquei emocionada!

  • Laís D’Andréa Kari

    Transporte público é tenso em termos de protocolos sociais. Tem dias em que eu fico torcendo pra não encontrar ninguém, só pra poder ler um livro que tá muito bom ou ouvir algum podcast que deixei pela metade; tenho dificuldade em me desprender de qualquer papo furado nessas circunstâncias. Meus fones são minha proteção, e eu abuso muito disso; o fato de eu não enxergar dá muita margem pra perguntas toscas e afirmações sem noção. Quanto à bisbilhotice no celular, arranjei uma solução pra isso: um aplicativo que escurece totalmente a tela (sim, eu posso!!!).

    • Thiago_Ibrahim

      Excelente, Laís! Escurecer a tela foi demais. Você sabe que sou fã dos seus superpoderes, né?! Hahahahahahaha…

  • Názaro de Brito

    Protocolo social é uma idiotice. Eu só falo quando eu quero. Outra: fiz uma viagem sensacional duas semanas atrás com minha esposa e filha, não postei nenhuma foto. Aliás, depois de maior tempão lá é que eu me lembrei q deveria tirar umas fotos pra lembrança. Aproveitar os momentos é o que há!

    • Thiago_Ibrahim

      Tudo mentira. 😛

  • Se tem uma coisa que eu gosto do No Barquinho é que vão direto ao assunto e deixam os e-mails para o final.

    Há tempos eu não ouvia os e-mails mas o epiósdio deixou uma vontade de quero mais e a “ligação” entre o tema principal e as Epístolas foi tão natural que continuei ouvindo.

    E foi espetacular ouvir o testemunho do André, estou aqui chorando por tudo que ele disse e como já esitve na posição de podcaster imagino o quanto isso dá um ânimo enorme para continuar.

    Então venho fortalecer as palavras dele e dizer que isso é fruto do penoso trabalho que vocês estão realizando. Os episódios estão cadas vez melhores.

    Grande Abraço,
    Dourado

    • Thiago_Ibrahim

      Sem palavras aqui, Dourado… Você é brother! :’)

  • Lucas Santos

    Sou péssimo com essa questão de protocolo social… sou de EXATAS, 0 e 1. kkk Mas em qualquer questão social agora, seja eu achando que estou certo eu já pergunto para minha noiva, ou como ela já me conhece bem, ela me da um toque sabendo que estou pensando em alguma coisa kkkk. De exemplo com ela eu já aprendi que em festa de aniversário o pão com carne, é pão COM carne e não posso pegar só a carne mesmo que seja amigo da dona da casa, e que também não se pode pegar 4 pratinhos de bolo de uma vez só… Entre Muitaas outras coisas. kkkk

    • Mesmo com minha esposa ajudando, quando se trata de comida meu protocolo social é ZERO.

    • Pedro Angella

      Isso me lembrou algumas situações de almoço em família e convidados…

      Sempre fui muito guloso com sobremesa… Em almoços de domingo, sempre enchia a casa, e na hora da sobremesa eu sempre queria repetir o pudim!

      Mas não tinha pudim pra todooooo mundo né… Aí minha mãe ficava muito brava por conta de eu querer repetir e não deixava. Aí em emburrava daqui e dizia que não queria mais. E ela emburrava de lá, dizendo: “Agora você vai comer!!”

      Saía com o segundo pedaço de qualquer jeito! Hehehehe

  • Juliana Norbiato

    Ótimo cast amigos!!!!

    Só não entendi o Thiago zoando a Jacky por conta da altura? Vagãozinho??? Fala sériooo! kkkkkkkkkkk…..

    Só apareci para protocolar a rotineira zoada com a cara do Thiago! rsss

    Atualizando meus podcasts rsrsrs…
    Prometo voltar!
    Beijos

    • Sempre que puder venha aqui zoar o @Thiago_Ibrahim:disqus.

      • Juliana Norbiato

        Estamos aqui para isso 🙂

    • Jaqueline Lima

      HAHAHAH
      valeu, Ju!

  • Queridos,

    Curti muuuuuito esse podcast!
    Principalmente na questão do transporte público, cara.
    Tem dias que só quero ficar na minha, e “small talk” consegue me deixar fora da zona de conforto.
    Falar sobre o clima, sobre o prefeito, sobre aff qualquer coisa que não tenha relevância? Não, obrigada. Prefiro meus fones/livro 🙂
    Sobre cumprimentar colegas de trabalho, vcs acreditam que onde trabalho (somos 9 pessoas, mas mesmo assim) os caras tem a mania de TODO DIA cumprimentar TODO MUNDO com um abraço?
    E se você não cumprimenta alguém vc não tá bem ou aconteceu alguma coisa.
    Será que sou muito chata ou isso não é necessário? hahaha
    Porque aí tem aqueles caras que TU SABE que não gostam de abraçar, mas tu vê que tão seguindo esse protocolo social (tosco) só pra não encherem o saco deles…
    Enfim, dei boas risadas com o programa, mais uma vez, parabéns.

    Obs: os meus ‘parabéns’, diferentemente do Abner, não é protocolo, é de verdade 🙂 hahahahaha

    • Me compadeço da sua situação, Maiara.

    • Glória Hefzibá

      SMALL TALK.

      Taí algo que deveria ter sido lembrado no episódio.

      Gente, como isso irrita.

      • SERÁ QUE CHOVE?
        hahahaha

      • Pedro Angella

        E SMALL TALK NO ELEVADOR?!?!?

        Sério, me atraso / adianto pra pegar elevador no prédio só pra evitar essas situações… ¬¬’

        • Glória Hefzibá

          Hahaha!

    • Jaqueline Lima

      Me compadeço da sua situação, Maiara (2).

      MANO, se eu trabalhasse nesse lugar já ia ter brigado com todo undo. Quão absurdo é eu ter que ABRAÇAR todo mundo??!ONZE!!!-1!

      Mas, não faça como eu, Mai. Seja exemplo! u.u hahaha

  • Cacau Marques

    Tive de aplaudir o T.A.M. por dizer “Não tirem fotos com tablet”. Perfeito. Excelente podcast, galera! Ri muito.

    • Thiago André Monteiro

      Obrigado Cacau! (pra não dizer que eu nunca comento por aqui).

  • João Lucas dos Santos

    Neh?

  • João Lucas dos Santos

    Na leitura de e-mail eu fingi que estava com um cisco no olho e fui no banheiro orar!

    Deus te abençoe, André!

    • Pedro Angella

      :’)

  • Kéllen Valeska

    Galera, parabéns por mais este podcast shoooow 🙂
    Dei boas risadas e me identifiquei demais com varias situações, mas a do fone de ouvido foi a que mais de chamou atenção. Porque sou igual ao Thiago- fico o tempo todo com fones de ouvido, somente quando estou com amigos e que não fico, e as vezes até com eles :p rs . Minha família fica extremamente brava comigo por causa disso haha Mas é que sou uma pessoa muito musical hehe Então, fico o tempo todo ouvindo musica ou podcast. Confesso que é algo que preciso começar a pensar mais, devido ao excesso no uso do fone de ouvido, que pode ser extremamente prejudicial.
    Vou tentar melhorar rs

    No mais.. continuem com o bom trabalho e fiquei muito feliz em ouvir a leitura daquele linda epístola, simplesmente maravilhoso poder ver o alcance do trabalho de vocês 😉
    Bjs

  • Pior coisa pra mim dentro da igreja é quando o pastor pede virar pro irmao sentado do lado e falar que ele(a) é lindo(imagem e semelhança de Deus).

    • Pedro Angella

      Afinal, mentir é pecado, né Gleibson! 😉

      • Pois é! Eu vou pra igreja pra limpar minha lista de pecados e não pra botar mais.

  • Vinicius Sirvinskas Ferreira

    Vou criar um novo protocolo social pra mim… comentar todos os NB para ao menos ganhar um bjinho do Matheus.

    Notícia boa e ruim… olha o que eu achei desfazendo as caixas da mudança (hehe já mudei tem + de 2 meses). Nem sabia que tinha… acho que foi a esposa que comprou…

    • Pedro Angella

      OLHAÍ! Acho que é um sinal divino!! 😉

  • Luciano Valério

    Fala galera!

    Onde trabalho tem um gerente que escolhe a quem cumprimentar com base no nível sócio-econômico das pessoas e claro que eu não recebo os cumprimentos dele (o que não acho nada ruim..rs)! Por isso acho mesmo que a linha entre educação e os protocolos sociais é muito estreita.

    Em contra partida, detesto TER QUE cumprimentar algumas pessoas no meu bairro, que por serem amigos/as dos meus pais, se acham meus amigos também… Detesto quando a pessoa nunca trocou uma ideia comigo e já vem me chamando de Lú! Caras, isso não dá!….rsrsrs

    Um abraço!

    PS: “vira pro irmão ao lado e diga…” É certamente Top 5 das chatices sociais….kkkk

  • Pingback: Delas #03 – Com quem será? - No Barquinho()

  • Ví um cara falando uma coisa bem legal sobre festa de casamento.Ele disse assim:Se vc está na dúvida se faz ou não festa,eu te digo,faça,pq se vc não fizer,ela vai jogar isso na sua cara pelo resto da sua vida.Qualquer briga,não importa se é grande ou pequena a briga,ela vai soltar “É,mas nem festa eu tive”. 🙂

  • Luciana Santos

    Sobre o tema abordado, fico com a frase do ilustre Matheus que disse: “Não confunda protocolo social com educação.”
    Eu particularmente não gosto dos protocolos, mas pra viver em sociedade, temos que usar alguns, né? hahaa
    Abraços, Marujos!

  • Leonardo Piqueira

    acho q é meu primeiro comentário aqui rsrs…

    bom, a vdd é que acho esse negócio de protocolos sociais muito chatos na maioria das vezes… às vezes cumpro protocolos pra não ser taxado de anti-social (não sou tanto rsrs). Por exemplo… chego em alguns lugares acompanhado; quando o lugar ta carregado de gente, não quero cumprimentar um a um… meu, que chato… dou um ‘oi comunitário’… po, tão normal… mas aí o ser humano q to junto cumprimenta um a um… é pra acabar comigo!

    Uma coisa que me irritou um dia é eu estar conversando no whatsapp e a pessoa (que eu não conhecia) q sentou do meu lado estava olhando a conversa o tempo todo… eu não estava conversando nada demais… estava no canto e quieto… po, mas não é da conta da pessoa… aí tive uma reação ‘chata’… virei o celular pra ela ler melhor… hahaa depois fiquei me perguntando: ‘Leonardo, pq vc fez isso?’. rsrs PROTOCOLO: NÃO SE DEVE LER A MENSAGEM ALHEIA! rsrs

    é isso aee… fui

  • Nathalye Oliveira

    Depois do meu beijo ter sido negado aqui estou, sou nova por aqui mas agora irei aprender a comentar rssssss. Fico imaginando quantas vezes cumprimentei a Jack rssssss, entendi que não devo atrapalhar as pessoas quando elas estiverem de fone kkkkkk, confesso que já deixei de pegar um trem para não conversar com a pessoa…
    Estou noiva, estou pensando seriamente em fazer meus convites no estilo francês rssss está difícil escolher tanta gente. Obrigada, a cada podcast tenho aprendido sempre um pouquinho mais e ainda dou muita risada, abraços

    • Jaqueline Lima

      Você pode vir me dar oi sem problemas Nats! ♥ hahahaha

      Deixei vocês com medo de mim! hahahaha
      Também não é assim!

  • Gabriel Tuller

    Episódio muito legal!

    Tenho muitos problemas com os protocolos sociais, por ser tímido eu não costumo puxar assunto com estranhos do nada (a galera na confraria viu isso, hahaha). Meu protocolo é o de deixar a pessoa falar comigo primeiro e eu respondo de boa, se não estiver com fones. Se tem uma coisa que eu não gosto é de encontrar pessoas conhecidas no transporte público, pq me obriga a conversar com ela, mesmo sem assunto! Aí fica aquela situação em que os dois não sabem o que falar. Geralmente quando eu to colocando o fone pra ouvir alguma coisa a pessoa fala alguma coisa, e fica nisso até ela descer ou eu descer.. hahahaha. Pra evitar isso eu procuro no ônibus o lugar que só tem um banco solitário, que aí não corro o risco de ficar no climão de ter que conversar com alguém que não tenho tanta intimidade.

    Na igreja, como eu tocava no ministério de louvor, TODO mundo vinha me cumprimentar na rua e eu não fazia a mínima ideia de quem era.. Sempre agradecia e me perguntava de onde eu conhecia essa pessoa.

    Esse lance de ver o celular alheio é muito bizarro pq comigo aconteceu de uma vez eu estar no ônibus voltando pra casa depois da faculdade e o cara sentado do meu lado estava vendo vídeos e fotos pornográficas! eu virei pro outro lado e ignorei o cara solenemente. Foi a situação mais bizarra de todas.

    Sobre a lista de convidados do casamento eu to passando por isso agora. Coloquei na minha cabeça que não posso fazer amizade agora pq senão já era..hahahahahahha
    Pra mim o pior é quando tem aquela pessoa que vc não vai convidar e ela diz: “e aí, esse casório sai quando? Me manda o convite quando tiver a data blz?”, ou aquele grupo de amigos do colégio que vc não conversa há anos e já tá contando que vc convidou eles, já fazem muitos planos pra festa.. Eu não sei como lidar com isso..não sei mesmo.

    Sou do time que preferiria viajar e usar o dinheiro da festa pra outra coisa, mas como foi dito, eu não escolho nada. Então eu só digo se gosto ou não do que é escolhido pela minha noiva..hahhahaha

    Na minha profissão eu sofro bastante com o que foi dito. Ser designer é ouvir um “faz uma loguinho aí pra mim rapidinho?”, “Nossa, mas vc vai me cobrar pra fazer só isso?”, “Isso vai servir pra vc mostrar seu trabalho, conta bem mais”, dentre outras frases. É triste.

    Enfim, ótimo cast e fiquem com Deus!

    • Jaqueline Lima

      Como me identifico com esse papo da lista, Tuller!
      Esse negócio de “xi, gostei dessa pessoa, mas não posso ser amiga dela agora hahahah”.

      Mas, estou do lado da sua noiva. Apesar de pensar muito numa viagem pela europa… hahaha

  • Amanda C. de Andrade Rodrigues

    Gente… o primeiro poscast que ouvi de vocês foi de tanto meu irmão insistir… e eu odiei, sério! (foi o do batismo) Mas então resolvi dar uma chance e realmente meu irmão estava certo vcs são demais!

    Tenho absurda “preguiça social” mas realmente alguns protocolos devem ser seguidos rsss que bom que não sou só eu nesse mundo crente… 😉

    • Thiago André Monteiro

      Bom, eu participei dos dois, então posso concluir que sou legal quando falo de assuntos bobos, mas chatão quando falo de assuntos sérios, é isso Amanda?

      • Amanda C. de Andrade Rodrigues

        kkkk não… já ouvi outros “sérios” também e estou adorando! Mas o do batismo me pareceu muito “buscando pelo em ovo”, discutindo um assunto desnecessário… mas pode ter sido útil pra alguém! #sqnpramim 😉

        • Pedro Angella

          Escute o #NB Express – Podcast ao Vivo.
          Falamos sobre este podcast sobre Batismo, especificamente, por lá! Aí você vai entender… 😉

          • Amanda C Andrade Rodrigues

            blz.. vou ouvir! 😉

  • Vanusa Lopes

    Muito bom galera,vi que não sou arrogante ou sem educação,só não gosto destes protocolos também valeu bjos a todos.

    • Jaqueline Lima

      Valeu, Vanusão! ♥