Motivos errados

Lucas Teles março 25, 2014 6

Há uns dois anos vi notícias sobre a “pulada de cerca” do Tiger Woods. Foi um “bafafá” daqueles. Sites e revistas de fofoca tiveram assunto por muito tempo especulando com quem era, como era e quando era. Depois de uma separação litigiosa, perda de patrocínio e da família, o golfista passou por momentos ruins e parece que até internado por um tempo ele foi. Segundo foi noticiado, sua ex-esposa exigiu um acordo milionário para o divórcio. Enfim, acredito que ainda há coisas por resolver ou que desconhecemos.

Quando observo o número crescente de divórcios e separações litigiosas que ocorrem hoje, fico me perguntando quais os motivos levaram ao fim do casamento; o pior é tentar imaginar quais motivos levaram ao casamento. Assusta-me ainda mais constatar que o número de casamentos destruídos, mal acabados ou em pedaços, aumentou consideravelmente entre o povo de DEUS. O que está acontecendo? Está faltando ensino? Oração? Amor? Humildade? Perseverança? Diálogo?

As pessoas escolhem os motivos mais diversos quando o assunto é casamento. Há aqueles que querem se casar para sair da casa dos pais, outros porque querem ser felizes, outros ainda porque querem sexo e alguns por puro interesse financeiro. Não podemos esquecer-nos daqueles que se casam porque encontraram a “alma-gêmea”, daqueles que se casam porque o cônjuge é bonito e ainda daqueles que se casam por paixão! Mas qual o motivo certo?

Hoje sou casado há quase 2 anos e posso afirmar que o principal motivo pelo qual me casei com a Thays é que vi nela uma “auxiliadora idônea”! É claro que existem outros aspectos relevantes, mas esse é o principal. TODOS os dias eu agradeço a DEUS por ter providenciado a esposa que tenho e pelo nosso relacionamento. Por que ela é linda? Também (rsrsrs)! Mas isso não é tudo!

Infelizmente, as pessoas precisam entender que se casar pelos motivos errados, pode levar ao divórcio. Quantos casamentos acontecem por causa de uma gravidez indesejada? Quantos casamentos acontecem por conta de uma busca egoísta da sua própria felicidade? Quantos casamentos acontecem simplesmente pela vaidade de um cônjuge bonito, relação sexual legal ou por causa do dinheiro do outro? Talvez nunca saibamos as respostas de todas as perguntas e, ainda assim, muitos casamentos nessas situações dão certo. Eu conheço alguns, inclusive. Não cabe a nós julgar os outros. Mas dou um conselho: PROCURE OS MOTIVOS CORRETOS PARA UM CASAMENTO!

Escolher motivos errados para um casamento é se casar com metade dos papéis de divórcio assinados. Por isso, orientem-se na palavra de DEUS quais os motivos que você de ter para se casar.

“E disse DEUS: não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma auxiliadora que lhe seja idônea.” Gn 2:18

  • Juliana Camargo

    Muito bom o texto! Lucas sempre trazendo ótimas reflexões sobre o relacionamento a dois… Parabéns!!!!!!

  • Fabio Kaiser Sousa

    só não pode na hora do namoro também fazer uma lista de exigências ISOEEE9001 (Eu, Escolhi, Esperar), dai o sujeito nunca que casa!!!!!

  • Chico Gabriel

    Parabéns pelo excelente texto Lucas!!! Também cansei de ver e ainda vejo pessoas com motivos errados para procurar um casamento, achando que serão felizes só quando acharem sua outra metade da laranja, seja para completar sua vida ou para fugir dos pais. Muitos, após isso se encontram em outro tipo de prisão já que como cristãos, uma separação não uma possibilidade e se submetem a uma vida de sofrimento por ter começado algo errado. (como você disse, isso não é uma regra)
    Sou feliz com meu casamento que daqui um mês irá para 8 anos, mas devo confessar que nem sempre foi assim, tivemos problemas e muitas dificuldades para aprendermos a conviver um com o outro, mesmo após 6 anos de namoro. Hoje em dia somos muito mais compreensíveis um com o outro e aquelas pequenas pedrinhas (sim, pequenas pedrinhas que a gente transforma em montanhas) que nos atrapalhavam já não incomodam mais, não porque deixaram de existir, mas porque aprendemos a vê-las como elas são, apenas pedrinhas.
    Para finalizar, eu sempre fui um solteiro feliz e acho que por isso consigo ser agora um casado feliz, nunca procurei alguém para me fazer feliz, mas encontrei alguém para dividir a felicidade que eu já possuía.

  • Jose Eugenio E Roseane Oliveir

    muito legal!

  • Bárbara Carvalho

    Muito bom! 🙂

  • Vinicius Sirvinskas Ferreira

    Mas, se não conseguem controlar-se, devem casar-se, pois é melhor casar-se do que ficar ardendo de desejo. (1 Coríntios 7:9 NVI) E aí? É um motivo certo?